Armazenamento externo: DAS, NAS e SAN | Parte 01 de 04

Quando um administrador de rede assume o cargo dentro de uma empresa, ele tem que estar ciente que deverá executar diversas tarefas que garantirá o sucesso da empresa em que esta trabalhando, entre essas tarefas é garantir que os dados desta empresa, estejam armazenados de forma segura, e que possam ser restaurados rapidamente, quando ter um desastre que danifique os arquivos.

Os dados se tornaram um ativo importante para as empresas, podendo interferir no desempenho e na manutenção do negócio. O armazenamento dos arquivos das empresas é algo que se deve ter cuidado, já que eles são o histórico da empresa, e fornecem para os administradores informações que garantem o correto gerenciamento da  empresa.

Se faz necessário que os dados além de serem recuperados em um desastre de perda de arquivos, também seja recuperado de forma rápida para garantir a continuidade do negócio.

“Eu ja presenciei casos onde houve a perda completa dos dados da empresa, tanto por furto quanto por problemas adversos, como desastre natural, em uma ocasião, uma empresa que presto serviço de outsourcing de TI, houve uma forte chuva com vendaval, e esta chuva destelhou a empresa, molhando tudo que tinha dentro dela, incluindo também os equipamentos de informática, entre esses equipamentos os servidores. Isso foi em um final de semana, o qual me ligaram na segunda feira de madrugada informando o ocorrido. Como um Administrador de rede com certa experiencia, e como prefiro o excesso de proteção, do que a falta, já tínhamos uma rede toda preparada contra falhas, servidores com hds espelhados, NAS com raid 5 e HD externo com backup dos servidores, e uma política de restauração de backups em caso de desastre. Pelo fato dos nossos equipamentos terem pegado chuva, os hds dos nossos servidores e do NAS queimaram, impossibilitando a restauração dos dados armazenados neles. Porém o HD externo ficava em um local seguro, onde não teve como entrar água nele, o que me permitiu utilizar outras maquinas temporárias para restauração dos arquivos e normalizar de forma rápida o departamento de informática desta empresa. Por isso que quando faço um projeto de rede hoje, faço questão de colocar diversas formas de proteção, backup e restauração dos arquivos” Relato do próprio autor: Victor Milan

Como forma de armazenamento dos dados, temos diversas opções, que garantem mais agilidade e proteção das informações, que são:

  • DAS (Direct Attached Storage);
  • NAS (Network Attached Storage);
  • SAN (Storage Area Network).

 

Cada uma dessas formas de armazenamento, refletem de forma direta o tamanho da empresa e a quantidade de dinheiro que se faz necessário no investimento para implantação.

 

 

Confira a segunda parte do Artigo:

http://www.tiselvagem.com.br/infraestrutura/armazenamento-externo-das-nas-e-san-parte-02-de-04/

E a terceira parte:

http://www.tiselvagem.com.br/infraestrutura/armazenamento-externo-das-nas-e-san-parte-03-de-04/

 

Caso queira se aprofundar ainda mais no conteúdo você pode conferir os seguintes links:

Comentarios

comentarios