ALM Summit Brasil 2012

Olá pessoal gostaria de compartilhar com vocês minha participação no ALM Summit, um evento anual, inspirado no AL Summit americano e organizado pelo pessoal da Lambda3 em parceria com a Microsoft, este é o segundo ano que ocorre no Brasil, com trilhas focadas em discutir as novidades, desafios e tendências da plataforma de ALM da Microsoft.

Este ano contou com a presença de varias figurinhas nacionais conhecidas neste meio, dentre elas, André Dias, Bruno Lichot, Carlos dos Santos, Claudio Leite, Daniel Oliveira, Elemar Junior, Felipe Rezende, Igor Abade, Marcelo Azuma, Marcio Sete, Mardem Menezes, Ramon Durães, Victor Cavalcante, Vinicius Moura, Wellington Rampazo.

As palestras em sua maioria demonstra os principais conceitos, algumas aprofundam mais nos assuntos e outras cá entre nos, se você é um cara que sempre lê muito e esta o tempo todo em busca do conhecimento, não te acrescentam muita coisa, exceto que você sempre pode realizar uma boa pergunta, e esclarecer algum duvida não mencionada, no meu caso descobri muita coisa sobre a configuração dos Builds, Projeto de Banco de dados pelo Visual Studio, e principalmente o que já pagou a viagem a parte de branch, muito show mesmo.

Se você assim como eu mora longe, na moral, cansa pra caramba, ter que viajar, pegar quase 200km de carro de Ariquemes para Capital do estado Porto Velho, e depois pegar voo para Brasília > São Paulo, e na volta, ahh a volta, pega ai só o trajeto São Paulo > Fortaleza > Belém > Manaus e finalmente Porto Velho, ta eu sei conexões para caramba, mais cara como não conheço nada desse nosso Brasil, achei o máximo, aproveite o voo de volta e resolvi escrever este post do celular mesmo (usando o Windows Phone é claro). Lembre-se você é o único responsável pela gestão da sua carreira, então sempre que possível vá a um evento deste porte e a distancia é uma coisa que com o avião e a internet ficou bem mais fácil de resolver, então distancia não é desculpa.

Vou pular a parte de quanto se gasta em uma viagem desta, afinal minha mulher pode ler isso, hahaha, o evento em si foi gratuito, então sobrou somente as despesas de viagem e alimentação:

  • Passagem ida e volta R$670 (não conseguimos pegar a promoção de R$380 ida e volta que o pessoal de Porto Velho pegou);
  • Hospedagem R$610 (3 diárias quarto para dois, no IBIS do Morumbi, e café da manhã R$16, meio caro, mais fica bem perto da sede da Microsoft e de uns 3 Shoppings gigantescos);
  • A alimentação prefiro não comentar, vou deixar isso nas palavras do Emersom Soares “Cara já gastei uns 200 reais e ainda não conseguir comer uma comida decente, os caras aqui são doidos mesmo eles almoçam hambúrguer eu só quero um bom prato de comida” (Conseguimos achar no ultimo dia esse tal prato de comida e adivinha o valor R$12 e comemos bem para caramba, o segredo se ta sem grana fuja dos shoppings, qualquer comida decente lá é mais ou menos 90 reais o quilo);

Bom, mas o que realmente vale a pena em um evento deste porte é o network, essa parte merecia um outro post a parte, pude conversar/debater assuntos legais com o pessoal da Submarino Viagens, com o time da Microsoft Brasil do Visual Studio, pessoal de TI da Trip e muitos outros de empresas grande, aprendi muito, muito mesmo com esses caras.

Agora esse cara aqui Elemar Junior merece todo o meu respeito, já conheci alguns MVP no TechEd, mas não como esse, ele não se sente uma estrela, quer ver o exemplo, eu e o Emerson Soares começamos um bate papo com ele sobre Objeto Valor e Entidade, o cara simplesmente ligou o notebook e nos deu uma puta explicação e mostrou com exemplo bem simples e direto como perceber as diferenças, citei isso, só pra vocês saberem como o cara esta disposto a compartilhar o seu conhecimento e não te vende-lo, o verdadeiro espírito de comunidade, não foi a toa que enquanto algumas palestras acontecia no auditório estávamos no corredor aprendendo muito com os debates do pessoal com Elemar, parabéns mesmo Elemar, você roubou a cena no evento, porque será?

Sempre ao sair do evento íamos ao shopping Morumbi fazer um happy hour, eu, o Emerson Soares, Bruno Castrilon e o Ricardo Machado, imaginem só cerveja e debates acalorados sobre tableless, ALM, UML, testes, professores mal capacitados e por ai vai.

Tem também a parte de você poder conhecer a Microsoft Brasil que é bem grande, não a parte onde podemos ficar, afinal empresa desse tamanho é cheia de regras, mas o Bruno Castrilo e o Ricardo Machado, como eles chegaram alguns dias antes puderam conhecer melhor, afinal o anfitrião foi o Fabio Hara e mostrou bastante coisas legais a eles, que só pude ver em fotos (dois Judas), mais o hall principal é muito legal e claro a fotinha ao lado do logo da Microsoft é figurinha carimbada de quem vai lá.

O evento estava muito bem organizado, acredito que saiu tudo no roteiro, não tenho o que não gostar, mesmo porque ano que vem estou ai de novo pessoal, não gosto de ter a ideia de duas palestras acontecendo ao mesmo tempo, afinal ter que escolher quando você quer assistir as duas é complicado, mais entendo que é muito conteúdo.

Para finalizar vale muito a pena se descolar daqui de Rondônia e participar destes eventos bacanas da comunidade, e acredito que esse seja o mesmo pensamento do pessoal daqui Emerson Soares, Bruno Castrilon e Ricardo Machado, parabéns pessoal da organização do ALM Summit e ano que vem estamos ai novamente.

Para saber mais

Comentarios

comentarios